Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O CARTEIRO DA SAUDADE

A memória dos tempos passados é feita de objectos que a perpetuam. Aqui, cada peça conta uma história. E existe a possibilidade de ambas passarem a fazer parte da sua vida. Não falamos de antiguidades, falamos de peças com história. Desfrutem!

O CARTEIRO DA SAUDADE

A memória dos tempos passados é feita de objectos que a perpetuam. Aqui, cada peça conta uma história. E existe a possibilidade de ambas passarem a fazer parte da sua vida. Não falamos de antiguidades, falamos de peças com história. Desfrutem!

Conhece a Rainha Santa Isabel?

DSCF3130.JPG

 

 A Rainha Santa Isabel é muito conhecida, especialmente na cidade de Coimbra, de onde é padroeira. Contudo, o restante país e o mundo conhecerão bem esta santa portuguesa, nascida em Aragão? Já correram muitos séculos desde aquele dia 4 de Janeiro de 1271 quando, em Saragoça, nascia a pequena Isabel, filha mais velha do rei de Aragão. Aos 11 anos, casou por procuração, com o rei de Portugal, D. Dinis, tendo a boda sido celebrada em Trancoso.

 

Deste casamento resultaram dois filhos, Constança, que nasceu em 1290, e Afonso, nascido no ano seguinte, futuro D. Afonso IV, rei de Portugal. Contudo, o casamento não era o mais feliz que se podia imaginar. D. Dinis tinha feitio galanteador e D. Isabel sofria em silêncio.

 

O Milagre das Rosas

Este milagre, o mais conhecido de todos, salienta a faceta caritativa desta soberana. D. Dinis não aprovava, muitas vezes, as suas saídas do palácio para aquietar a fome dos pobres. Certa vez, ia a rainha com o regaço cheio de pão para alimentar os famintos, quando o marido passou por ela e lhe perguntou o que ali levava. Embaraçada e com medo da sua reacção, respondeu: "São Rosas, Senhor!". E milagrosamente, os pães que iam no seu regaço se transformaram em rosas.

 

Senhora da Paz

Durante a sua vida, a Rainha Santa apaziguou graves contendas que se formaram no reino de Portugal. Nomeadamente o conflito que opôs o seu filho D. Afonso com o seu irmão, Afonso Sanches, filho bastardo de D. Dinis. Ou, anos mais tarde, o conflito que se veio a verificar entre o seu filho D. Afonso IV, já rei, e o seu neto Afonso XI de Castela. 

 

Os Últimos Anos

 Isabel faleceu em Estremoz, vítima de peste, deixando em testamento o desejo de ser sepultada no Mosteiro de Santa Clara-a-Velha. Foi beatificada em 1516 e canonizada em 1742, por grande pressão da dinastia filipina, que havia tomado o trono português. No século XVII, o seu corpo incorrupto foi transladado para o Mosteiro de Santa Clara-a-Nova, para um túmulo de prata e cristal. 

 

A sua Imagem

Várias são as representações da Rainha Santa Isabel. A que vemos na imagem acima é obra de artesanato português, peça única e assinada, que poderá ser adquirida respondendo ou comentando este artigo ou através deste link: https://www.olx.pt/anuncio/imagem-da-rainha-santa-IDB0ujv.html

 

DSCF4114.JPG

 

O Registo da Rainha Santa Isabel

O registo da Rainha Santa Isabel, tradição artesanal portuguesa, efectuado pelas mãos hábeis de artesãs, também poderá ser adquirido da mesma forma que a sua imagem, ou através deste link: https://www.olx.pt/anuncio/registo-da-rainha-santa-isabel-IDC6p8W.html

 

Que a Rainha Santa esteja connosco....