Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O CARTEIRO DA SAUDADE

A memória dos tempos passados é feita de objectos que a perpetuam. Aqui, cada peça conta uma história. E existe a possibilidade de ambas passarem a fazer parte da sua vida. Não falamos de antiguidades, falamos de peças com história. Desfrutem!

O CARTEIRO DA SAUDADE

A memória dos tempos passados é feita de objectos que a perpetuam. Aqui, cada peça conta uma história. E existe a possibilidade de ambas passarem a fazer parte da sua vida. Não falamos de antiguidades, falamos de peças com história. Desfrutem!

Açores: um paraíso com História

     O arquipélago dos Açores parece ter sido reconhecido, pela primeira vez, em 1427, quando um navio pilotado por Diogo de Silves terá atingido o arquipélago, nomeadamente as ilhas orientais e centrais, segundo é possível observar no mapa de Valseca.

 

    Apenas em 1439 podemos encontrar um mapa do mesmo autor, feito em Maiorca, onde já são representadas as 9 ilhas que constituem o arquipélago dos Açores. Ainda desse ano, data uma carta régia na qual se afirma que o Infante D. Henrique mandara lançar ovelhas «nas 7 ilhas dos Açores» e que se fosse vontade do monarca, as mandaria povoar. Trata-se do primeiro documento oficial onde se observa uma referência ao arquipélago.

 

    Em 1452, seria fundado o primeiro convento de franciscanos em Angra, na ilha Terceira. Data do mesmo ano o provável reconhecimento ou tomada de posse, por Diogo de Teive, das ilhas ocidentais, Flores e Corvo.

 

    Em 1989, comemorando o 550 anos do descobrimento/reconhecimento/achamento dos Açores (de acordo com as mais diversas teorias contrastantes), o INCM decidiu cunha uma moeda, belíssima, que congrega as datas mais importantes da fase incial deste arquipélago, bem como alguns símbolos a ele associados, como as 9 estrelas representando as nove ilhas e a caravela, com que Diogo de Silves aportou naquelas terras paradisíacas.

DSCF1179.JPG

 

 

 

 

Sigam-nos no Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100007072242118
Sigam-nos no Pinterest: http://pt.pinterest.com/DonaHistoria/
Sigam-nos no Twitterhttps://twitter.com/Dona_Historia