Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O CARTEIRO DA SAUDADE

A memória dos tempos passados é feita de objectos que a perpetuam. Aqui, cada peça conta uma história. E existe a possibilidade de ambas passarem a fazer parte da sua vida. Não falamos de antiguidades, falamos de peças com história. Desfrutem!

O CARTEIRO DA SAUDADE

A memória dos tempos passados é feita de objectos que a perpetuam. Aqui, cada peça conta uma história. E existe a possibilidade de ambas passarem a fazer parte da sua vida. Não falamos de antiguidades, falamos de peças com história. Desfrutem!

Deus Abençoe este Lar

azulejo2.jpg

 

Nos tempos idos do antigamente, qual não era a casa portuguesa que possuía, junto à entrada, um azulejo com uma mensagem de boas energias e de protecção para a casa? Este azulejo estava à entrada de uma modesta casa alentejana, parca em mobiliário, mas à qual não poderia faltar o azulejo que a colocava mais perto de Deus.

Este azulejo já bastante antigo, foi produzido pela fábrica LUFAPO, que se situava em Coimbra. É anterior à década de 1930, porque sabemos que, nessa época, a LUFAPO foi comprada pela Lusitânia e deixou de produzir com o nome da antiga marca...

Deus abençoe os nossos lares... é o que mais precisamos!

 

 

O Amor num Frasco de Perfume

 

perfume1.jpg

 

O jovem casal era oriundo de Coimbra. Haviam casado, com pompa e circunstância, na igreja do Convento de Santa Cruz, no ano em que rebentou a Guerra Colonial. Um dos presentes de casamento do jovem noivo foi um belo frasco de perfume, em porcelana, que comprara em Aveiro, fabricado pela Artibus. A jovem noiva adorava colocar nele a essência que mais apreciava, no recipiente oferecido pelo homem que amava... 

 

 

perfume3.jpg

 

 

Poucos meses após o casamento, o jovem foi mobilizado para Moçambique. E nunca mais voltou, deixando a jovem viúva. Com o rolar dos anos, a moça casou novamente e teve um filho. Contudo, nunca se desfez do seu magnífico frasco de perfume, lembrança do homem que amara e a dura guerra levara. O seu filho herdou-o após a sua morte e, por problemas económicos, desfez-se de tudo. Inclusivamente do belo frasco de perfume, oferta do homem que poderia ter sido, um dia, seu pai...

 

Quer continuar a fazer a história desta peça? http://olx.pt/anuncio/frasco-de-perfume-artibus-IDyGni1.html

 

 

 

 

 

O Prato Ideal das Cozinhas das Avós

chouriço3.jpg

 

 

Na cozinha da casa da minha avó, lembro-me perfeitamente de um prato, muito parecido com este. Tinha também um chouriço, que fazia as delícias e a alegria de quem diariamente olhava para ele, um prato onde a comida nunca faltava. Que histórias contaria aquele prato, se assim pudesse...

 

Este velho prato denuncia as marcas do tempo, mas não deixa à margem a sua inspiração Bordalliana, naturalista, Arte Nova, que tanto preencheu a fase inicial do século XX. Habitava a cozinha de uma casa alentejana cuja dona não resistiu ao passar dos anos, Mas esta peça de cerâmica resistiu ao tempo, só não resistiu ao mau gosto da neta da sua proprietária que, desligada das coisas do passado, se desfez dele, sem dó nem piedade...

 

Quer continuar a fazer a história desta peça? http://olx.pt/anuncio/prato-antigo-de-cermica-portuguesa-IDyEK19.html