Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O CARTEIRO DA SAUDADE

A memória dos tempos passados é feita de objectos que a perpetuam. Aqui, cada peça conta uma história. E existe a possibilidade de ambas passarem a fazer parte da sua vida. Não falamos de antiguidades, falamos de peças com história. Desfrutem!

O CARTEIRO DA SAUDADE

A memória dos tempos passados é feita de objectos que a perpetuam. Aqui, cada peça conta uma história. E existe a possibilidade de ambas passarem a fazer parte da sua vida. Não falamos de antiguidades, falamos de peças com história. Desfrutem!

A Chávena Sépia

Sepia.jpg

 

 

 

Nascera em Ílhavo, filha de dois modestos artesãos, trabalhadores na fábrica da Vista Alegre. Nascera numa família remediada, com posses para lhe comprar um enxoval de gente rica. Dele, fazia parte um conjunto de chávenas de chá, produzidas pela Vista Alegre, mas com marca dupla - S.P. Coimbra e Vista Alegre. No inicio dos anos 60, a Vista Alegre adquirira a Sociedade de Porcelanas de Coimbra e todas as peças, que haviam sido produzidas por aquela fábrica, passariam a ter o símbolo da Vista Alegre impresso sobre o antigo. 

 

A rapariga ficou maravilhada com as chávenas, pintadas a sépia, de motivos campestres. Contudo, com o passar dos anos e as caqueiradas, algumas delas foram-se quebrando. O seu filho herdou 3 chávenas, mas destruiu 2 delas. Apenas sobrou uma, sem mácula. Contudo, esta peça única foi vendida pela nora da senhora, que se quis desfazer dela...